Com mais de 20 anos de experiência, Iza Herklotz listou os principais fatores na hora de escolher entre o emprego atual e uma nova oportunidade no mercado de tecnologia

Ao longo de 2020, o mercado de tecnologia foi um dos setores protagonistas da economia, impulsionado principalmente pela pandemia. Segundo a GeekHunter, empresa de recrutamento especializada na contratação de profissionais da área, no ano passado o número de vagas abertas no setor cresceu 310%. A necessidade dos clientes acelerarem a jornada e transformação digital no último ano, fez as empresas fornecedoras de tecnologia desenvolverem metodologias e soluções para atender às altas demandas tecnológicas que surgiram, fomentando esse crescimento.

Nesse momento, existe uma grande procura por mão de obra qualificada e, como o mercado está muito aquecido, na maioria das vezes, são colaboradores que já estão empregados. Segundo pesquisa feita pela consultoria de recursos humanos Robert Half em 2020, enquanto a taxa de desocupação do País estava em 13,7%, o índice entre a população qualificada, acima de 25 anos e com ensino superior completo, era menor que 6%. Para aqueles que se vêem frente a uma nova proposta, a chief people officer da NAVA Technology for Business, Iza Herklotz, traz ricas orientações, desenvolvidas por meio de análise de processos de contratação, que podem servir como um passo a passo facilitador na hora de tomar a decisão entre a nova oportunidade e o emprego atual:

 

Entenda o que você está buscando

Ao receber uma nova proposta, a primeira etapa é entender o que você deseja para sua carreira e quais são os caminhos para alcançar seus objetivos. Por exemplo, você pode estar buscando uma empresa que garanta uma carreira com aporte internacional; um lugar que te proporciona mais autonomia e flexibilidade em suas funções ou que esteja engajado com políticas de diversidade. Segundo a executiva, “antes de olhar para fora, o melhor é olhar para dentro, entender o que você quer”.

 

Entenda o que a empresa tem a oferecer

Entender o que essa nova empresa tem a oferecer também é imprescindível aos olhos da executiva. Após entender o que de fato você deseja para o seu desenvolvimento profissional, este passo é importante para a compreensão de qual empresa pode te oferecer o que busca. Qual o diferencial dessa companhia para mim? Ela irá agregar valores diferentes da qual me encontro neste momento? Iza ainda destaca o fato de que principalmente para os profissionais de T.I., a possibilidade de buscar a proposta que se encaixe às suas necessidades é muito proporcionada pela alta procura do setor.

 

Estude sobre a empresa

Como terceiro passo, Iza destaca o estudo prévio sobre a empresa que fez a proposta. Em um paralelo, ela fala que companhias devem ser avaliadas como quando consumimos produtos. Ou seja, é necessário ir atrás da sua reputação nas redes sociais, ou sites especializados em recrutamento e, se possível, também entrar em contato com pessoas que trabalham na equipe, como forma de aprofundar tudo o que foi apresentado pelo recrutador. Essa também é uma ótima forma de averiguar quais estruturas tecnológicasestão presentes no dia a dia empresarial.

 

Esteja atento à alta rotatividade, comum no setor tecnológico

Para a CPO, outro ponto que deve ser sempre levado em consideração é a rotatividade. “A alta rotatividade é um sinal importantíssimo para avaliar em uma empresa”, afirma. Mais uma vez, ela aponta para a importância de investigar e apurar os motivos de tamanha movimentação. “As decisões têm que ser conscientes, tanto dos benefícios quanto dos eventuais riscos”

 

Ser uma empresa escola no setor também pode ser considerado um fator decisório

Com a alta busca por profissionais da área, muitas companhias ainda reclamam da falta de mão de obra qualificada. Iza destaca que trabalhar em uma empresa escola também pode ser um diferencial a ser levado em consideração na hora da decisão final. Afinal, a empresa está pensando também no setor como um todo e aumentando a especialização de profissionais de tecnologia que, no momento, ainda não entraram ou estão fora do mercado.

A NAVA, uma das maiores empresas de tecnologia do país, está com mais de 200 vagas abertas. Confira em: https://jobs.kenoby.com/nava

Sobre a empresa

A NAVA é o resultado da consolidação de um grupo de empresas de tecnologia que se uniram para oferecer um portfólio completo de soluções e ajudar clientes em suas jornadas de transformação digital. Hoje, a NAVA conta com mais de 800 colaboradores, já entregou mais de 10 mil projetos e é uma das empresas que mais tem se diferenciado no mercado de tecnologia. Para mais informações, acesse www.nava.com.br


Informações para imprensa

RPMA Comunicação
[email protected]
(11) 5501-4655

Diego Casarotti
[email protected]om.br
(11) 98917-0589

Juliana Gaspardo
[email protected]
(11) 99223-5009